SOBRE MINHA MÃE...



Tem gente que acha que eu odeio a minha mãe...
Eu não tiro a razão dessas pessoas,porque muita gente,acabou acompanhando minha "revolta" ao vivo,no momento da revolta,no mesmo instante,e eu sei que disse e escrevi coisas sobre ela que parecem atrocidades...
As coisas que eu já disse pra ela foram muito mais fortes,eu garanto!
...É assim...Apesar de eu ter dito um monte de "verdades",a maneira como eu disse poderia ter sido outra...
Se eu estava com a razão?Pode até ser,mas quando você cospe um monte de verdades na cara de alguém,no momento da raiva,você até acaba se arrependendo depois...
Tipo...Se por um lado ela não foi a melhor mãe do mundo,eu também não fui a melhor filha...
Esse ano,no dia das mães,eu não tinha dinheiro,então só podia usar minha criatividade...(Quantas vezes dei presente por dar,só porque ela era minha mãe,e nem foi de coração...)
Coloquei numa folha de sulfite,minhas mãos com guache,como na época da pré-escola...
Escrevi umas verdades sinceras,de coração e não com raiva,e ela amou...
Rsrs...Nada é por acaso...
Me julgam e atiram pedra em mim porque já falei mal da minha própria mãe...
E falar da mãe nesse país,já viu né...
Como se as mães fossem santas,e não seres humanos...
Como se pra fazer a gente elas tivesse orado,e não aberto as pernas por livre e espontânea vontade...
Eu era "bitolada",como a maioria...
Era Deus no céu,e minha mãe na Terra...Ai daquele que falasse dela...
Eu costumava dizer que ela era a coisa mais importante da minha vida...Rsrs...Deve ter sido por isso a revolta...Fui muito extrema,quando acordei,me revoltei...
Acordei,e uso esse termo,porque passei à enxergá-la como mulher,como pessoa,como ser humano...
Acerta algumas vezes,erra outras...Assim como eu,assim como todo mundo...
A revolta foi por tanta opressão,por ter sido tão mandona,e eu ter sido tão idiota!
Mãe,é igual mulher de malandro:Elas preferem os filhos que respondem,que não estão nem aí para elas,acreditem...
E eu,quase toda a minha vida,queria ser a melhor filha do mundo,e fazia tudo para agradá-la,mesmo que desagradasse à mim...
Em 2005,quando fiquei desempregada e comecei a ficar doente,aí vi que minha mãe era uma realidade bem distante da minha imaginação...
Ela era perfeita pra mim,e meu mundo desabou quando percebi que eu só tinha valor pra ela quando ela podia dizer pra todo mundo:"Ah,a Michele?Está trabalhando,não tem tempo pra nada...É muito esforçada,você não vê ela parada..."
Rsrs...Ironicamente,fiquei "assim" pra acabar com a vaidade ridícula dela...
Eu mudei muito,é claro que não mato e morro por ela,e claro que hoje a pessoa mais importante da minha vida sou eu...
Ela também mudou muito,tenho que reconhecer,mas ainda teima na vaidade...
O que é engraçado,é que os pais mal fizeram o ensino fundamental,e praticamente exige que você seja doutor...
Porra,largou tudo na adolescência pra fazer o que quisesse da vida,e hoje quer dar lição de moral...
A minha mãe mesmo,não tem moral pra exigir nada de mim,nem dos meus irmãos...Acho que ela tem filhos excelentes em casa,sem que ela precisasse ensinar nada sobre a vida...
É que também ela é mais flexível,talvez por ser nova ainda...Ela não é de pegar no pé,nem exigir nada...
Por outro lado,não nos ensinou nada...
Pra mim,isso foi bom e ruim...
Bom porque ela deixou nós soltos,pra aprender com a vida...Ruim porque apannhei pra aprender coisas que eu não sabia viu...Rsrs
Uma coisa eu admiro nela:Ela foi viúva com 30 anos,e com quatro filhos para criar...
Eu,no lugar dela,não sei se teria êxito...
Admiro minha mãe em muitas outras coisas também...Ela é mais forte do que se subestima...Ela é corajosa,apesar de se achar medrosa...
Gente,eu falo essas coisas pra ela,mas ela não coloca na cabeça e segue em frente...
Espiritualmente,eu tenho certeza que ela é mais nova que os filhos...Às vezes eu a olho tão ingênua...
Eu sei também que ela aprendeu muito mais com a gente do que a gente com ela...
Hoje,sem arrogância,na humildade mesmo,eu sei que ela também está num processo de vida,assim como eu...
Sei que tem dificuldades,sei que errou tentando acertar,sei que quer aprender muito...
Além disso,como tenho plena consciência de minha responsabilidade com a minha vida,eu nem tenho o direito de culpá-la por nada...
Era um bebê mental,quando teve seus bebês,que somos nós...
Está crescendo conosco...
Não sei se a amo...Eu não costumo mentir pra mim,então prefiro não definir isso...
Eu a respeito,como ser humano,que pra mim é muito mais importante do que mãe...
Pra mim,qualquer ser humano é interessante,e deveria escrever um livro da própria vida...Acho que todos iam vender bem...

Comentários

Postar um comentário

PRA LER E RELER:

OVELHAS NEGRAS - POR BERT HELLINGER

SEXO, ENERGIA E DST - POR AMIGOS DE LUZ, NO INSTA!

A LUZ QUEIMA ... - PARTE II

O DONO DA RAZÃO !

SEU CORPO TE EDUCANDO PARA O MELHOR!

A LUZ QUEIMA À QUEM ENXERGA PELA PRIMEIRA VEZ...

O INFERNO SEMPRE ENSINA...

" ALMA GÊMEA DE MINHALMA ", POR EMMANUEL