quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

DE BEM COM A GENTE É BOM...

Eu coloquei uma pesquisa no Blog: " Você se aceita completamente? ", durando trinta dias, e apenas quatro pessoas responderam... E, surpreendentemente, das quatro, duas conseguiram responder que se aceitam sim, quando estão de bem com a vida...
Achei o resultado um tanto preocupante, considerando que estar de bem com a vida, na correria em que vivemos, seja tão esporádico...
Às vezes a gente fica meio pra baixo mesmo, e no meu caso, nem quero me olhar no espelho... (Como se minha própria imagem fosse comer meu rabo, e não tô afim de broncas...)
É difícil somar o se aceitar completamente com o estar de bem com a vida, às vezes, um está lá em cima, e o outro lá em baixo...
Fisicamente, quando passamos a aceitar uma coisa em nós, começamos a implicar com outra... Cabelos, pele, nariz, dentes, peito, bunda, BARRIGA, sempre está na jogada, rsrs...
Daí você se irritou! E fica mais irritada porque se irritou, e não era pra ter irritado, e fica chateada, e se condena, mete chicotada, enfim... Se coloca no chão mesmo!
Gritou quando deveria ter ficado calada...
Sorriu, quando era um assunto sério...
E vai acumulando uma lista de culpas e flagelações...
Realmente, eu concordo que é difícil se aceitar completamente, até porque, isso em nossa terra tem outro nome = Egoísmo, narcizismo...
" Ahhh, eu me amo mesmo, sou toda linda e gostosa ", e você pronuncia isso publicamente, vai ver muitas caras e bocas... Então, sua postura é de humildezinha, pequenininha, lá em baixo, a última da fila, como diz meu amigo Gaspa...
Aí eu te pergunto: Se você não se colocar lá em cima, numa condição de amizade com você, de onde acha que vai vir isso?
Tudo bem, sua família inteira e amigos pode te dar o maior apoio naquela entrevista de emprego, mas é você quem vai entrar naquela sala e sozinho... Já pensou? Vai entrar com um fraco e cagão, ou com alguém confiante, dono de si, SEGURO???
A gente tem as pessoas, AO NOSSO REDOR, não dentro da gente!
Então é bom começar a treinar o se aceitar completamente, porque um dia, vai que o cruzeiro em que estava curtindo nalfraga, e você se vê sozinho numa ilha deserta, sem comunicação com ninguém, e vai ter que subir na árvore pra pegar o mamão, se não quiser morrer de fome...
Não espera a vida te trazer circunstâncias trágicas pra te ensinar a cuidar de você...
Não se abandona, nos braços de seu ninguém, na esperança de que ele cuide de você, de que ele aceite você, e não se esqueça: que você nunca pode exigir dos outros aquilo que você não se dá!
Não é de um dia pro outro que você vai começar a se ver com outros olhos, mas pode começar a trabalhar arduamente nisso!
É claro que quando parece que tudo conspira a nosso favor, consequentemente ficamos satisfeitos, felizes, e nos olhamos no espelho cheios de elogios... Mas, nós sabemos que não é sempre assim, e quando não é, você vai se odiar?
Pára pra pensar nas suas conquistas... Todas, ao longo da sua vida! Olha bem, que ser humano extraordinário que você é... Olha as coisas que já teve que enfrentar!
À medida em que vai passando por determinadas dificuldades, você vai se olhando com mais dignidade, com maior respeito, e o que é muito chulé você vai deixando de lado...
Você é a peça perfeita do quebra cabeça, que só fica completo com você!
Você é uma estrela, e faz parte integral do Todo: o Universo!!!
Não ofusque sua luz, ou seja, não vá contra a sua natureza!

Dezembro, dia 01.

Nenhum comentário:

Postar um comentário