A LUZ QUEIMA À QUEM ENXERGA PELA PRIMEIRA VEZ...


QUANDO VOCÊ SE DISPÕE À INTERIORIZAÇÃO, PORQUE APESAR DE VOCÊ NÃO SABER exatamente no que vai dá, você JÁ SABE que ESSE é o caminho, as consequências em relação à continuar vivendo em sociedade vão se fechando como um cerco...
Você era bonzinho, normalzinho, igualzinho, e era criticado por ser assim - deeeeeeeee repente, você descortinou o VOCÊ que estava o tempo inteiro se escondendo do mundo, para o mundo, e deixou-se vir à superfície...
Eu não sei o que é esse processo para os homens, mas qualquer mulher que está no mesmo propósito que eu vai me entender facilmente à medida em que for lendo - eu estou ensaiando para dizer que estou falando da BAIXA AUTO ESTIMA , a pior doença da sociedade, de toda uma civilização, e pior sim, porque todo mundo sofre dela!
Nós mulheres, para chamar a atenção, nos vestimos ou nos arrumamos de determinada maneira, correto? Maaaas, quando nossa auto estima está se elevando, nossa conexão conosco está cada vez mais íntima, ATÉ DE PIJAMA e cara de quem acabou de acordar, a gente chama a atenção, e à quem isso incomoda? Às mulheres com baixa auto estima...
Elas são incapazes de enxergar que tipos como eu, no processo do se encontrar, apareceu em suas vidas para que elas também despertassem! Elas me vê como rival, como inimiga, como alguém que se acha, e não entenda que tudo aquilo que tanto tá coçando nelas com a minha presença, é justamente o DESPERTAR delas mesmas!
Nós mulheres, mesmo sendo do ocidente, fomos doutrinadas a baixar a cabeça e não questionar nada, e até décadas atrás a mulher era um ser incapaz de opinar! A mulher já foi proibida de ler, para continuar atrofiada, a mulher não usava calças, e hoje nós podemos tuuuuuudo, MAS NÃO QUEREMOS!!!
Eu sou atrevida demais, cara de pau demais, e isso incomoda porque a ninguém quer abrir mão da zona de conforto para deixar-se vir à tona, a louca que existe dentro de cada uma - e quando falo louca quero dizer a mulher solta, A MULHER LIIIIIIIIIIIIIIIIIVRE de tudo! Invejam minha liberdade, mas não querem responsabilidade, que é o que eu sou!
A maioria das mulheres com baixa auto estima estão encostadas em uma situação cômoda, apesar de pagar um preço por ela...
Daí elas escolhem casar e ter filhos, e foda-se a escolha de cada um, não é o que eu quero pra minha vida, mas se você quer isso? DO IT!!! E elas queriam que eu estivesse enfiada nessa vida, que eu tivesse uma vida que a sociedade, mesmo de longe, pudesse controlar, mas ninguém me controla, e aí a bronca...
O certo era eu levar uma vida pacata, mas quando eu era pacata e apagada, também incomodava, eu lembro... Porque, GENTE, tudo o que você decidir viver vai incomodar! E isso é uma coisa que será contínua, até que as pessoas decidam cuidar em si tudo o que anda deixando pendente - quando isso?
Não é fácil o processo, eu me arrisquei, eu sei o que eu vivo a cada dia, cada luta, e cada conquista, e não foi e não é fácil meeeeesmo, MAS MINHA VIDA COMEÇOU A VALER À PENA, meu nascimento começou a fazer sentido desde que eu passei a me enxergar! Não existe egoísmo, você é parte integral do TODO, isso significa que quando você se faz bem, você faz bem pra todo mundo... Quando você se faz mal, você é nocivo onde pisa! Que você queira enganar com a aparência, mas sua energia bate primeiro, e é ela quem manda! Uma pessoa que tenta provar que está bem, que é feliz, sem dúvida, está com a auto estima lá em baixo, porque quem é se respeita, e silencia! Quer ir numa festa? Vai, se não quer, não tem quem convença, porque quem está consigo não está preocupado em aproveitar a vida como se não houvesse amanhã, está vivendo agora, no presente, e respeitando em si todas as suas vontade e não vontades! É impossível querer estar em festa o tempo inteiro, é impossível estar arrumadinho o tempo inteiro, é impossível estar limpo o tempo inteiro, é impossível sorrir o tempo inteiro, é impossível levar uma vida de fantasias, se enganando, e adiando o dia em que o encontro entre você E VOCÊ será fatal, e talvez da pior maneira!
Eu me dispus à caminhar para mim mesma quando percebi que eu era a " boazinha " da família, a perfeita que não podia falhar, e a dor me pegou - aí tomei vergonha na cara e fui começar a ser eu, porque passei a vida inteira sendo para os outros, agradando todo mundo, e infeliz! Eu só tinha 20 e poucos anos, mas já sofria da doença chamada vaidade, quando você só dá atenção para o que vem de fora, e nenhuma pra você, você faz pra receber aplausos, não por querer de coração!
O professor Gaspa se foi desse mundo em maio desse ano, mas deixou a grande lição de que  A VIDA TE TRATA COMO VOCÊ SE TRATA, por isso o povo diz que bonzinho só se fode, faz para comprar pessoas, e ninguém está à venda! Ou sua bondade é genuína, ou vai só se foder mesmo!
A beleza verdadeira está unicamente em ser você, mas a mulherada tá perdida demais pra entender o que ser si mesma significa...


CONTINUA NO PRÓXIMO ARTIGO...

Comentários

Postagens mais visitadas