quinta-feira, 21 de maio de 2015

22 DE MAIO - 6 ANOS DE BLOG - UHUUUUU!!!


Acho que, a primeira grande conquista da minha vida, foi aprender a falar!
Minha mãe diz que eu vivia com a garganta inflamada, e tomando Bezetacil direto, até o dia que aprendi a falar, rsrs... Pra quem não sabe, metafisicamente, garganta é força de expressão, e geralmente quem tem problemas na garganta é gente que engole muito sapo, daí o sapo não desce e fica machucando...
O que é dor na garganta, Michele? Não faço idéia, desde que comecei a falar... Falo pouquinho, quem me conhece pergunta se não tem um botão STOP, rsrs! ( SOU CANCERIANA GENTE, FALAR MUITO É MINHA NATUREZA, PERDÔA EU?! )
A segunda grande conquista foi aprender a ler e escrever... Lembro como se fosse hoje, como eu andava pelas ruas de SP fazendo questão de ler tuuuuudo, com um orgulho! ( Hoje, o vício de ler tudo pelas ruas às vezes me irrita, principalmente quando estou com dor de cabeça... É difícil eu ter dores de cabeça, mas lembro do quanto é perturbante! )
Lembro que na adolescência eu escrevia muuuuuito, tanto em diários ( SUPER SEGREDOS SUPER SECRETOS... ), quanto em agendas, e escrevia cartas, pra todo mundo! Numa data comemorativa, para familiares, amigos da escola, paixões... ( Esses, nunca as recebia, rsrs... )
Não dá pra aconselhar a ninguém como escrever da melhor maneira... Como se expressar da melhor maneira, é o certo, porque um belo português você encontra em muitos livros, mas escrever exatamente como se estivesse numa mesa de barzinho batendo papo, ou é da minha natureza, ou foram anos e anos de treino, sem intenção alguma, ou sei lá, nasci pra isso!
Na época do Orkut, a cada foto que eu postava, eram milhões de coisas que eu escrevia, e o perfil sempre era gigantesco... Emails sempre foram grandes... Redações em processos seletivos empresariais sempre passei tranquilamente...
Daí, em 2009, minha irmã ( www.maisondemilla.blogspot.com.br ) me deu a idéia de fazer um Blog, já que eu gostava tanto de escrever, e podia me dar bem com isso... O dela, como segue o link, é de moda, mas em termos de arte é realmente interessante, vale à pena conferir! Nós, meninas da minha mãe, sempre tivemos facilidade com arte, desenhos, decoração, criatividade... AS TRÊS ! O meu irmão quando se trata dessas coisas ele não é nada bom no papel, numa tela, num espaço físico, mas é diretor de arte, em qualquer agência de publicidade que ele entre...
Na época, estávamos sem internet em casa, mas tinha o TeleCentro em São Mateus, e daí fui lá ver de que forma eu faria um Blog... Aí começaram a vir as idéias, e me empolguei pra caralho ( Sou empolgada com ele até hoje! )... Que nome teria? Cor? Assuntos??? Rs, eu só sabia que escreveria muuuuuito, mas não sabia o quê! Meus irmãos me ajudaram a empreender a idéia daquilo que eu gostava muito, e no geral era espiritualidade, auto ajuda QUE ME AJUDOU MUITO, aspectos da minha personalidade que fatalmente faria alguém se encontrar e não se sentir um louco sozinho! Coisas que gosto, que me agradam, enfim... E nasceu, em 22 de maio de 2009, sob o signo de Gêmeos ( Éca! ), o OLHA PRA VOCÊ!
PORQUÊ " OLHA PRA VOCÊ " ? Como eu escrevi na primeira postagem do Blog, a gente nasce e cresce ouvindo das pessoas ao redor, seja em casa, na rua ou na escola, que DEVEMOS  fazer pelo outro, ajudar o outro, estar ao lado do outro, fazer caridade ao outro, porque é bom ser bom para os outros... E quem já te disse que é bom e DEVE ser bom para você? Quem já lhe falou que VOCÊ é o ser mais importante da sua vida? Ninguém! Ninguém, porque isso neste país é egoísmo... Você não pode olhar no espelho e se elogiar, é narcisismo... A gente já conhece o discurso da população... Como ninguém se gosta, você também tem que fazer parte dessa turma... SÓ ATÉ ENTRAR NO MEU BLOG!
Bom, material era o que eu mais tinha para alimentar o Blog, tanto na mente, na experiência/pele, como em livros, vídeos, programas de rádio, sites, exemplos, depoimentos, perguntas, dúvidas...
Pra quem não sabe, ele era rosa... Acho que rosa com pink, era lindo, mas no começo eu não usava quase todas as ferramentas disponíveis pelo Blogger, como faço hoje... Postava de oito à dez artigos por semana! Naquela época, se eu tinha uma idéia e o computador que também era dos meus irmãos estava ocupado, eu escrevia em caderno, folha, e passava pro PC!
De 2009 pra 2010, acho que em torno de 2.000 visualizações, e hoje, mais de 1.000 por mês!
Além do Brasil, Estados Unidos, Espanha, Índia, Alemanha, Rússia, França, entre outros europeus, acessam bastante! Não me lembro de ver países da América Latina, ou países como Japão, as Coréias, China... O povo não me curte, rsrs! Na falta de tradutores, tem dois, na barra lateral, e lá no final da página... Fui ver em aramaico outro dia, que lindo que ficou!
Tem uma e outra postagem em que eu digo que aprendi muito mais escrevendo, distribuindo, compartilhando as coisas que conheço do que guardando só pra mim... É como se alguma coisa dissesse: É assim que tem que ser!
As postagens de 2009/2010 são as menos acessadas, e pra mim são onde eu dei o melhor de mim! É fácil hoje eu abrir o Word e meter pau no estado político em que está o nosso país, mas virar pra alguém e conseguir dar o seu melhor, e tirar só coisas boas e nutritivas é difícil, tanto que desde 2013 eu não consigo... Dificilmentte você encontra uma postagem light, suave, onde pareço estar escrevendo num jardim florido... A maioria delas dá a impressão de que estou sentada com o note no colo, lá no vulcão em erupção, do Chile!
Rsrs, eu não sou cega, principalmente quando se trata de mim mesma, tanto é que não preciso usar óculos! Que tem problemas nas vistas tem dificuldade em QUERER ENXERGAR A RELIDADE!!! Posto muita raiva, muita revolta, mas é assim: Planejo e começo a escrever um assunto, quando termino, eu cuspi fogo! E não é que eu não esteja com a razão naquilo que coloco em pauta, mas caramba, eu não sou só revolta! Eu reconheço que estou demais, e isso também desagrada à mim! Sei exatamente os motivos d'eu estar nesse estado, e quando eu escrevia coisas boas, o planeta também estava um inferno, então isso não é desculpa!
Uma coisa é escrever num diário, só você lê, e só você vai rir daqui dez anos... Outra coisa é espalhar a cólera pelo mundo, ainda mais eu! Uma grande médium aqui do Brasil, conhecidíssima entre o meio espírita, e principalmente pelo Perseverança, é amiga do meu irmão, e só de ver o meu nome, ela disse à ele que com palavras eu tenho o poder de colocar qualquer um lá pra cima, ou de acabar com alguém, se eu quiser! Eu já sabia disso pelas péssimas repercussões, mas depois do " aviso ", eu tentei me controlar mais... É espontâneo, quando eu vejo saiu! É claro que não digo tudo o que penso, senão não estaria mais viva... Minha própria família teria se encarregado do presunto...
Só digo uma coisa à vocês : É difícil pra mim ser como eu sou! Eu sei que não faço parte do padrão nem feminino, nem profissional, nem afetivo, nem sexual, nem urbano, nem rural! Rsrs, você conhece eu e jamais vai poder dizer que conhece alguém perecido/cida... Eu sei que não tem, e isso pra mim muitas vezes é motivo de lástima, pois ninguém me entende! Um terapeuta? Pra ELE  se curar comigo? Negativo... Sou muito melhor que esse povinho de consultório, e SOU MESMO! Sou dissípula do Gasparetto, e teria que ser alguém melhor do que ele, o que ainda não encontrei! Foi ele, que pela televisão, em 2005, olhou pra mim e disse: O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO COM VOCÊ? QUEM É VOCÊ PRA VOCÊ? COMO PODE EXIGIR AMOR DOS OUTROS SE VOCÊ NÃO SE DÁ??? E porra, aquilo foi um choque pra mim! Como assim alguém vira pra mim e diz que eu sou alguém? Passei 23 anos da minha vida sendo alguém para os outros, e de repente, virei alguém pra mim! Nuooossa, mas foi muita revolta na época! Com o Espiritismo e suas idéias de carma, com a educação opressora de minha mãe, com a sociedade e a falsa moral, enfim... Só faltou tremer a Terra!
E aos poucos eu fui assimilando o quanto eu era responsável por tudo o que havia acontecido na minha vida, e o que viria a acontecer... EU ERA RESPONSÁVEL POR TUDO AQUILO QUE ACREDITEI, e isso doeu! Como dei crédito, dei importância, sem me questionar, sem averiguar a veracidade das coisas? Como pude me deixar tanto tempo na mão dos outros, sendo feita de fantoche?
Pois é, 2005, com 23 anos terrestres, eu nasci PRA MIM!
E como diz Einstein: " A mente que se abre para o novo jamais volta ao tamanho original ", ou inicial... E de lá pra cá fui conhecendo uma criatura admirável... Alguém que posso contar quando o mundo todo vira as costas, que sou eu! Superei situações que jamais consideraria vivenciar! Caí mil vezes, levantei mil e uma! Meu Deus, quantas coisas eu passei...
É bom até ficar bem claro uma coisa: 90% do que eu escrevo aqui é o que eu sinto, não o que eu acho! É muitas vezes o que passei, o que doeu ou me fez feliz, e por isso compartilho!

---------------------------------------------------------------------------------------------------
Não concluí o artigo que comecei em abril e estou com preguiça de concluir agora!

PARABÉNS!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário