domingo, 9 de outubro de 2016

EM NOME DO BEM MAIOR...


COMO SOMOS PRETENSIOSOS, NÃO? Jesus, que é Jesus, o Mestre de nosso Sistema Solar, o Bem em toda sua extensão, não conseguiu amolecer o coração humano, ATÉ HOJE, que dirá eu ou você, querer mudar/melhorar a situação de uma pessoa, ou de toda uma sociedade...
Não é ruim ser bom e querer fazer o Bem, muito pelo contrário, é a benção das mãos divinas trabalhando através das nossas! Jamais se ache inadequado por querer o Bem das pessoas, inadequadas são elas que não aspiram o próprio Bem!
Mas, há diversos pontos a ser considerados...
Como em alguns outros artigos que escrevi aqui, eu passei minha infância e adolescência com ímpetos de solucionar os problemas das pessoas, isso era uma força inerente em mim, e eu não sabia controlar, sentia aquela compaixão pelo caso, e imediatamente metia as mãos, fosse com palavras, fosse com carinho, com atenção dispensada... Resultado? Fui mal interpretada, já que a maioria dos casos era no meu próprio lar, e acabei acreditando, APENAS POR CERTO TEMPO, de que a errada era eu, de que eeeeu sufocava as pessoas... Assim era como ELES viam, não o que eu sou! Por isso, um dos casos importantíssimos a ser considerado quando você tem essa força de ajudar ao próximo é não prejudicar a si mesmo...
Você paga a conta do cara, e fica sem dinheiro... Você empresta o cobertor, e passa frio... Você empresta seu nome, e sujam seu nome... Peraí: Onde há caridade, se pra tanto você tem que fazer pro outro e esquecer de si??? Há alguma desordem por aqui...
Outra grande coisa, sobre o parágrafo em que falo de minha experiência é AJUDAR À QUEM ACEITA AJUDA! Não adianta martelar prego em parede de chumbo, você vai entortar o prego, e não vai furar! Eu caaaaaansei de fazer isso, e graças à Deus cansei, porque só me machuquei e não ajudei, o que era minha intenção!
A princípio eu achei que a vida estava sendo injusta comigo, até eu enxergar que ela estava me dando dicas de como ajudar DE VERDADE, e fazer funcionar essa energia boa em mim!
PRIMEIRA REGRA = Primeiro ajude a si mesmo! Todos nós precisamos de ajuda, ou em alguma coisa, ou em quase todas as coisas, ou em tudo mesmo! Quando eu era " boazinha ", eu não media esforços pra ir onde me requisitavam, ou fazer o que me solicitavam... Mesmo que pra isso eu anulasse a minha vontade, eu nem tinha vontade, nem tinha alma, nem sabia onde estava, apenas fazia, apenas queria ajudar, desmedidamente! A vida me ensinou que eu não era lá tão boa assim, tudo o que eu queria era reconhecimento, era receber em troca, aplausos, atenção, amor, PORQUE EU NÃO ME DAVA! Dona de uma baixa auto estima elevadíssima, por toda rejeição que sentia desde a infância, eu lutava para que alguém me desse valor, qualquer um que fosse, mesmo que eu tivesse que pagar pra isso... E paguei, com minha saúde! Depois, a vida me mostrou que com o tombo da saúde, ERA EU a pessoa que mais precisava de ajuda, e tive que me ver numa situação absolutamente sozinha para que eu me tocasse que a única pessoa que podia me ajudar era eu mesma... E FOI O QUE EU FIZ!
SEGUNDA REGRA = Esteja bem com você pra plantar o Bem no próximo! Como é que eu vou convencer uma pessoa sofrida a agir de determinada forma se eu não mostrar pra ela que a fórmula funcionou comigo? Mas, qual é a receita para se amar, de um dia pro outro, se todos os dias você se coloca pra baixo??? Primeiro que não é de um dia pro outro, é SIM um trabalho árduo, que requer muita boa vontade, muita persistência, e que vale à pena! Você fala mal da sua forma física, da sua pele, dos seus cabelos, suas unhas, das roupas que usa, do jeito que anda, da própria gargalhada... Daí, não contente com o físico, se coloca pra baixo, se auto dizendo que não faz nada direito, que nasceu inutilmente, que onde põe a mão dá errado, que tem pé frio, que ninguém gosta de você, enfim, a lista é grande, e você sabe melhor do que eu sobre sua listinha querida... Daí se isola, não quer ver nem falar com ninguém, porque todo ser humano é incapaz de entender sua situação muito exclusiva, muito única, as pessoas estão muito bem lá fora, só você está na merda, viu?! Deve ser um peso muito grande carregar uma pessoa tão única no mundo, que é você mesmo... Comece a dar força para as boas idéias, os bons estímulos... Vai alimentando aquele seu lado produtivo, útil, agradável - verdadeiramente agradável, não o que faz média - vai nutrindo seus olhos na frente do espelho com o que há de melhor na sua aparência, vai malhando sua mente com pensamentos otimistas acerca de sua rotina, das menores coisas... Procure ouvir coisas que alimentam, seja música, palestras, palavras... Procure ler aquilo que te eleva, que te traz de volta a vontade de viver! E cada vez que der espaço à sua alma, mais ela se sente à vontade pra existir, pra expandir, pra fazer através de você, e tudo o que você fizer será acerto, pois é o Bem do seu espírito!
TERCEIRA E IMPORTANTE REGRA = Aprenda a dizer não! Quando você já passou pela fase do " fazia pra agradar ", e está buscando conhecer o que TE agrada, você começa a enxergar muitos " nãos " que existem aí, sobre muitas coisas, mas que não era respeitados, pois por trás de todos os " sims " ditos tinha uma segunda ou terceira intenção! Respeito é limite! Não vá a uma festa só porque fulana insistiu muito, SE VOCÊ EM SUA VONTADE NÃO QUER! Ceder ao outro, e deixar-se pra trás é abuso, e depois não exija do outro aquilo que você não faz por si mesmo... Existe um sensor a ser respeitado, seu espírito não quer o que todo mundo quer, ELE NÃO É OBRIGADO! Eu mesma, não tenho o menor desejo de fazer faculdade, mesmo que ganhasse 100% de uma bolsa de estudos... Ler por obrigação é matar minha alma! Não nasci com o desejo ardente de casar e ter filhos, portanto, não sou obrigada... Também não desejo transar com todos os homens da face da Terra, como muita solteira da minha idade faz, nem de investir na minha casa própria, no aluguel tô pagando menos, e ao meu espírito, é isso o que interessa no momento... Não gosto de sorvete gelado, nem comida quente, gosto de sentir o sabor, OU SEJA, esses exemplos é para que você comece a perceber suas diferenciações perante as massas, não adianta lutar pra ser igual, ou lutar para agradar, desagradando seu espírito!
O Bem só nos realiza quando fazemos de coração!
Não força, não se ocupe com o que vão falar de você, apenas faça porque sua alma diz SIM para aquilo...
Sua alma é generosa por índole, e você nasceu para fazer o Bem em alguma área, em determinadas situações, não todas!
Mas, antes de sair como louco procurando uma alma desamparada, verifique se a sua não é a mais necessitada... Antes de estender a mão à caridade, veja se não se deixou em algum canto da rua, para não se encarar, para não se ajudar...
Antes de seguir " leis cristãs " imposta por seres humanos, senta num canto, coloque a mão no próprio peito, e pergunte a si mesmo se você se tem, se você está com você, aconteça o que acontecer...
Não é errado fazer o Bem, desde que ele parta do Bem que fez e faz constantemente, a si mesmo!


Tonight.

Nenhum comentário:

Postar um comentário