CONTO ECLIPSE PARTE V: O DIÁLOGO



"Lobo: Onde você está?
Vampira: Estou no seu rosto...
L: Você entendeu a minha pergunta.Parece distante...Eu te machuquei hoje?
V: Não exatamente...Estava pensando na sua abordagem...Será sempre assim?
L: Se não fosse daquele jeito,você não viria.
V: Acha mesmo,que uma faca no meu pescoço é uma ameaça?Olha pra mim,olha o que eu sou hoje!Um monstro...
L: Então não cedeu para salvar a própria 'vida'?
V: Estou aqui porque quero você!Nada mais além disso...Minha 'vida' não vale mais qualquer coisa.E minha morte não aliviaria minha dor!
L: Dor?
V: A dor do que somos hoje.Sempre desejei o amor,com todo o meu coração...Mas não imaginava que...Caramba!Não podíamos ser normais?Não podia me 'pegar' no serviço,passarmos num restaurante,e jantarmos?Rsrs...Eu nem como comida...E você não comeria só um prato,ou dois...
L: Rsrs...Imagine nós dois num restaurante:'Por favor garçon,traga pra mim um boi vivo,e pra ela umas bolsas de sangue...Aceita Visa?'
V: Rsrs...Se não fosse sinistro,seria cômico!
L & V: (Silêncio)
V: Se fôssemos 'normais',você poderia me ligar durante a semana,e marcarmos um cineminha,um filme legal pra assistir,depois qualquer coisa para passarmos a noite juntos,sem ameaças,sem medo de ferir...Eu...Poderia ver o nascer do sol contigo.Mas,nessa hora,jamais estarei contigo!
L: Por que aceitou isso?Você ainda podia ser humana...
V: E jamais te tocaria denovo!Eu ainda seria humana,até você me matar.
L: (Silêncio)
V: Por que você não é completamente humano?Quem fez isso com você?
L: Eu nasci assim,não foi uma escolha minha.Uma noite de lua cheia,sem que eu esperasse nada,aconteceu...E infelizmente,você já tinha aparecido na minha vida.
V:Infelizmente?
L: Sim.Se fosse antes de você aparecer,eu teria evitado qualquer contato com você.
L & V: (Silêncio)
V: Como conseguiu me achar naquele lugar?
L: Pelo seu cheiro...Eu ainda era lobo quando te procurava.
V: Eu ainda tenho cheiro?
L: É assim...Toda vez que sinto o cheiro humano,que é o mesmo que o seu,o cheiro passa pelo focinho,enquanto que as batidas do coração pelos ouvidos...Toda vez que sinto cheiro humano,sem batidas,é você!
V: Quando está 'humano',como agora,sente o mesmo cheiro?
L: Não.Sinto cheiro de perfume,ou suor,ou qualquer coisa que eu também tenha.
V: Comigo é diferente.Quando você é lobo,eu sinto seu cheiro humano muito mais forte.Cheiro de tudo o que é humano.Agora eu sinto todo o seu cheiro,eu ouço todo o som que vem de você.Qualquer pequeno movimento muscular.Eu sei que está ansioso pelas batidas do seu coração...Acho que já decorei.
L: Estou ansioso agora?
V: Não.Parece tudo tranquilo aí dentro...
L: Falta pouco tempo pro dia amanhecer.Acho que vai me ver ansioso,ou me ouvir!
V: Falta mesmo,nem tinha notado.
L: Precisa mesmo 'fugir'?Se eu fechar as janelas,até com cortinas,você não pode ficar?
V: O calor do sol vai passar por aqui,e isso não podemos evitar.Tenho medo de derreter!Rsrs...
L: Te vejo derreter sempre,e sempre sem sol...
V: Como assim?
L: Nos meus braços!Sempre que te aperto,tenho impressão de que vai derreter.
V: Eu não imaginava que eu ficava assim tão...Rsrs...Tão boba,tão vulnerável.
L: Na verdade,você é 'osso duro de roer'.E,por mais que queira parecer mesmo durona,acho que é mais mole do que imagina.Atrás dessa pele fria,há tanto calor.Atrás do monstro,há uma 'bonequinha' sonhadora,com medo de monstros que ela cria!
V: Você é um monstro que existe!
L: Mas você não tem medo de mim.
V: Não...Acho que não!Acho que tenho medo de mim,quando estou com você.E acho que tenho medo de mim quando não estou com você.
L: Rsrs...O que fizeram com você?É possível viver com tanto medo?
V: É por isso que já morri!
L & V: (Silêncio)
V: Olha sua mão!Quando não é uma pata,é tão bonita!
L: Não gosta de me ver como lobo?
V: Hummm,não deixa de ser diferente,interessante...Deixa uma beleza para ser dominado por outra...Ainda parece humano,mas...Digamos que com mais inocência,e maior instinto.Seu tamanho te defende,e quando é humano,seus hábitos te defendem...Te contrataria para gravar grandes filmes em Hollywood,mas,quem o vê como lobo é a mulher que o quer...E não um diretor!Confesso que ainda me assusta.
L: E eu não gosto de saber que é uma vampira,principalmente agora que faltam poucos minutos para o nascer do sol.Não gosto mais do sol,e nem saio mais ao dia por causa disso.Por causa dele,às vezes são doze horas sem poder te procurar,sem sentir seu cheiro...
V: Acha que é muito tempo?
L: Não é isso,não gosto de grudar em ninguém.É só que,enquanto ele atravessa o céu,eu fico imaginando se você conseguiu fugir mesmo dele,se ele não te derreteu...Fico pensando que toda vez que te vi da última vez pode ter sido a última definitivamente.
V: ...É,corremos esse risco...Eu preciso ir...
L: Maldito seja!
V: Não fale assim dele...Ele é lindo,mesmo que me leve a 'vida' um dia...E mais,ele é natural,eu não.
L: Eu juro que vou procurar o vampiro que fez isso com você!
V: E eu juro que não vai encontrá-lo!
L: Por que o defende?Você o ama?
V: Não da maneira que imagina,mas amo sim...
L & V: (Silêncio)
V: Preciso ir...Até...Até outro dia.Se assim você quiser.
L: Você não quer?
V: Eu quero sempre!Não posso falar por você...
L: Então deixe que eu fale por mim...Eu te procuro!
L & V: (Silêncio)
V: Como é horrível pra mim ter que sair daqui...
L: Fique.Fique e vê no que dá!
V: Fico,e corro o risco de ter sido a última vez.Tchau.
L: Nenhum beijo?
V: Jamais darei o último beijo em você.Tchau!Tchau..."


Rsrs...É engraçado,quando você cria personagens,o diálogo é um desenrolar natural né?Mas quando eles existem,é foda!
Não dá pra falar pelo outro...Toda resposta ou pergunta dele é minha!Rsrs...Quando você escreve um livro,você entende muitas coisas que você costumava criticar num autor,num livro dele...
Todos os personagens são o autor...Todos os sentimentos são do autor,toda ação e reação,enfim...
Como eu "criei" este conto,eu poderia dizer o que eu quisesse que aparecesse na minha cabeça,mas,me vêm à memória a imagem do ser humano que existe mesmo,e não dá pra inventar,entende?Sei lá,eu poderia escrever:"Eu amo você",ou coisas do tipo,mas é tão estranho...Rsrs...É como se eu traísse a realidade,e eu não gosto disso!Só posso falar por mim,só posso falar pelos meus sentimentos...O que escrevi acima pode não ter nada a ver com o que ele diria,ou faria,mas acho que também não o compromete...
Hummm,mas acho que ficou legal!
Tô ouvindo "In Visible Light",do Lacuna Coil,acho que escreve assim...Coincidentemente a letra combina com o conto...Rsrs
Espero que tenham gostado,e se não gostaram,não vai adiantar reclamar,pois só publico o que satisfaz primeiro à mim!

Comentários

PRA LER E RELER:

OVELHAS NEGRAS - POR BERT HELLINGER

SEXO, ENERGIA E DST - POR AMIGOS DE LUZ, NO INSTA!

A LUZ QUEIMA ... - PARTE II

O DONO DA RAZÃO !

SEU CORPO TE EDUCANDO PARA O MELHOR!

A LUZ QUEIMA À QUEM ENXERGA PELA PRIMEIRA VEZ...

O INFERNO SEMPRE ENSINA...

" ALMA GÊMEA DE MINHALMA ", POR EMMANUEL