terça-feira, 21 de março de 2017

" UMA JORNADA INESPERADA " NA SUA VIDA, O QUE ACHA?


ONTEM EU ESTAVA ASSISTINDO " O HOBBIT - UMA JORNADA INESPERADA ", e vendo o Bilbo todo cuzão pra enfrentar o desconhecido, eu me vi no lugar dele, assim como todo mundo já esteve ou ainda está no lugar dele...
E o lugar dele nada mais é do que a nossa zona de conforto... Lugar aconchegante, que conhecemos muito bem, onde não há novidades, e onde achamos que não precisamos sentir medo, já que não há surpresas, e tudo o que vai acontecer é muito " provável "...
No caso do Bilbo, ele não quer deixar o Condado, nem seu povo simples de vidas óbvias, nem suas poltronas, seus livros, e seus crochês, como diz Gandalf, e no nosso caso, o que faz parte da nossa zona de conforto? Melhor que isso: Por que não queremos abrir mão dessa situação?
Esses dias no serviço, a menina me fez uma pergunta, justificando que eu era boa de conselho... Me perguntou se eu sairia de casa, caso estivesse sendo humilhada pelos próprios familiares... Eu respondi que eu não faria, eu fiz!
E aí, como eu disse pra ela, não foi a decisão mais fácil da minha vida, talvez até a mais difícil, MAS A MELHOR!!!
Eu lembro que eu pensava como é que eu ia viver num lugar desconhecido, e ter de pagar aluguel todo mês, talvez pelo resto da minha vida, e comprar tudo novo porque eu não tinha nada pra casa, e como ia ser comer comida e não sei cozinhar, será que eu ia aprender, como seriam meus vizinhos, novo bairro, novos preços no mercado, novo caminho pra trabalhar, e voltar a pisar na casa da minha mãe depois de sair dela bem machucada... Tudo isso me vinha na cabeça, mas antes de tomar a atitude na raça, eu me alimentei, me abasteci de bons livros sobre " faça, vá, seja, VOCÊ PODE ", e agora a vida me dava a oportunidade de colocar essa teoria em prática!
Em nenhum momento me achei incapaz, ou que de repente não desse certo e eu voltasse pra casa da minha mãe... Eu sabia que eu dependia só de mim, e já que eu podia confiar em mim, EU FUI!!!
Como eu já contei até em detalhes como foi essa mudança na minha vida e a experiência de morar sozinha, aqui eu apenas resumo que a jornada que escolhi viver me mostrou uma Michele cheia de vida, coragem, firmeza, dignidade, audácia, cheia de medo, mas cheia de vontade de arriscar! Eu poderia morar na casa da minha mãe até hoje ou pra sempre, mas jamais teria vivenciado taaaaaaaaantas milhões de coisas que me aconteceram, e que só me tornaram uma pessoa melhor! Quando a gente depende só da gente, PRA TUDO, nós nos obrigamos a nos policiar, a entrar em determinada disciplina, e ao mesmo tempo SOMOS LIVRES!!! Nós respondemos por nós, portanto, nada de " costas quentes ", só temos a gente mesmo, e aí descobrimos que estamos muito acima da coisinha que imaginávamos sobre nós mesmos... É um desafio em nosso caráter, em nossa moral ética, em nossas responsabilidades, e não só o fato de morar sozinha, mas de se ver sozinha no mundo, tipo, ninguém vai te consolar, ninguém vai te ajudar, ninguém vai enxugar suas lágrimas, se vira! E nesse " se vira " você se revira até o avesso, e conquista você para si mesmo! Você descobre que é um labirinto, um Universo repleto de possibilidades... Você descobre que tem fé, que pode recorrer à ela, E QUE FUNCIONA!!! Você descobre que só há você no mundo pra se defender e por isso começa a perder o medo de muita coisa, de muita gente...
Morar com os pais é ser poupado do " sofrimento " na vida... E esse " sofrimento " de fato existe, mas não quer dizer que é ruim! Na hora do acontecido dói, mas ele lapida nosso espírito, e vai nos transformando cada vez mais em melhores seres humanos!
Você descobre que não é só um soldado numa batalha, mas um exército inteiro! Você é o escudo e você é a espada, e todo caminho que trilhar te trará conhecimento, novas vontades, novos caminhos!
Aquele bebezão protegido no seu mundinho redondo passa a viver o mundo triângulo e retângulo, às vezes de uma vez só, E TIRA DE LETRA!!!
Você, assim como o Bilbo no filme, tem medo de arriscar... Mas, como disse Gandalf, se arriscar e voltar inteiro, VOCÊ SERÁ OUTRA PESSOA!!!
Você deixa de arriscar muitas coisas bobas, como por exemplo tomar um belo banho de chuva... " Ahhh, mas a gripe " - E SE NÃO GRIPAR??? Você cisma com o X-Salada do tio da rua, " pode dar dor de barriga " - E SE NÃO DER NADA, E AINDA FOR O MELHOR DE SUA VIDA??? Você não passa a mão na cabeça de um cachorro de rua porque ele pode estar com sarna... Não toma banho de mar porque todo mundo caga, mija e goza naquela água... Não anda de chinelo na rua, não senta na calçada pra jogar conversa fora com a vizinha, não isso, não aquilo...
O que há de surpreendente na sua vida, na sua história, na sua experiência?
O que você fez que faria seus netos ficar de queixo caído, seja coisa boa ou ruim?
Que exemplo pode dar à quem quer que seja sobre ARRISCAR, CORAGEM, DECISÃO??? E se esse alguém precisar justamente disso?
Eu entendo seu medo, eu também já o senti, só que no meu caso, eu me vi num beco sem saída, e enquanto você encontrar uma saída, vai preferir se manter na zona de conforto do que arriscar, se descobrir um novo ser humano, ter verdadeira admiração por você mesma!
Goste ou não, a vida vai te colocar numa situação de risco, mais cedo ou mais tarde, e você não vai poder fugir! Sua irresponsabilidade com você só existe na sua cabeça, pois você selou um compromisso com o Universo, e TERÁ DE CUMPRIR! Só não espere que ele bata na sua porta com a maquininha do cartão pra te cobrar, porque quando ele cobra, o preço pode custar a sua vida!
Se descortine! Tire de você o véu que te cega e que não te faz enxergar o grande ser humano que existe em você! Você foi feito pela grandiosidade cósmica, você não nasceu pra ficar pequenininho!


19.03.2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário