terça-feira, 22 de novembro de 2016

" É PRECISO A CHUVA PARA FLORIR " ...


TÁ PASSANDO MILHARES DE COISAS NA MINHA MENTE AO MESMO TEMPO, um turbilhão de informações...
Eu não planejei o ano que eu tive, afinal, na época de se planejar um novo ano, eu perdi o meu irmão...
Eu estava pintando a parede do quarto e lembrando do dia que comprei as pilhas recarregáveis lá na Augusta, pra usar em Manaus em dezembro... Eu sabia que eu não ia viajar, eu terminei de subir a Augusta com esse sentimento estranho, e isso foi na sexta, ele foi internado no domingo!
Daí você pensa que o pior aconteceu, e não que algo tenha superado e espero que tão cedo nada queira competir com a partida do meu irmão, mas você pensa que a vida vai ter uma misericórdia de você, vai te deixar relax por um tempo, sem dor de cabeça...
Eu nunca fui tão humilhada e desrespeitada em toda a minha vida, pela mesma pessoa, e alguém que eu não esperava... No dia seguinte eu tinha que ir pra rodoviária pegar o buzão pra Guarapari - ES, mas eu não queria viajar, eu queria ficar na minha cama chorando minha decepção! E fui viajar sem essa alegria que as viagens nos fornece, e lá esqueci de tudo!
Meses depois, essa mesma criatura do Inferno consegue morrer dentro de mim, com o bônus nojo + raiva... Rs, ai do dia que alguém atravessa meu caminho pra me fazer mal... Sabe um verme??? Um verme de que ninguém quer perto, e só aguentam ele porque ele paga? Alguém que só consegue as pessoas quando as paga??? Alguém incapaz de ser humano, decente, digno, verdadeiramente BOM??? Rsrs, de dar pena, lamento pela má sorte, mas oras, ele apenas colhe o que planta!

E foi um ano looooooongo, aconteceram muitas coisas! Graças às Forças do Bem, a maioria foram coisas boas pra mim, e o ano ainda não acabou, isso significa que pode acontecer ainda o ruim, mas ainda o bom!
Eu não imaginava que ainda conseguiria despertar o interesse em alguém... Falo do interesse real, não de sexo, que homem SÓ pra isso não falta no mundo... Falo de alguém que me enxergou, e gostou do que viu... Mas, rsrs, como nasci com o cú pras grutas e não pra Lua, adivinha?! Mais um pra coleção do " não Michele, você nasceu pra tudo, menos pra isso ! "... Não me conformo com isso, mas, por outro lado, vivo bem sem isso... Tipo, qual a necessidade de alguém despertar alguma coisa em mim se não vai rolar nada? Apenas me deixa quieta na minha, sem a necessidade de fuçar minhas feridas... Sabe, depois de tantos anos sonhando e acreditando com " o grande amor ", desde a adolescência, senão a infância mesmo, isso cansa... É um tropeço atrás do outro, um erro atrás do outro, e tudo fazendo eu acreditar que sonhar é sim em vão, que a realidade, como canso de postar aqui, é que todo mundo pega todo mundo, todo mundo trai todo mundo que está, E TODO MUNDO ESTÁ FELIZ ASSIM! Eu que sou ET, fico de fora tentando entender...
Só é horrível demais, talvez pro meu orgulho feminino, que eu me vá deste planeta, sem deixar um coração destruído... Um só, não preciso de todos! E isso ainda dói, e eu não quero falar sobre isso...

Gente, quanta gente eu ajudei em nome do meu irmão... Cães, crianças com Síndrome de Down, Câncer, HIV, moradores de rua, AACD, abrigo para idosos, e a Criar Um que foi de encontro com o que eu nem sabia que procurava... Eu bebi o site deles, amei cada parágrafo que li, pois vi o Universo do meu irmão ali, por isso apadrinhei, em nome dele...
Voltei ao médico, dessa vez morrendo de medo de precisar fazer uma cirurgia, de me deitar num leito de um hospital, depois de perder meu irmão num hospital, entende? Fiquei mesmo com o cú na mão, e deu tudo certo, estava tudo bem!
Fiz minha primeira tattoo, fui no dentista da minha mãe, furei a orelha, rsrs...
ASSISTI IRON MAINDEEEEEEEEENNNN!!! Banda foda, show foda, SONHO REALIZADO!
Enfrentei fila de show com minha mãe, para vermos a gravação do DVD " Amanhecer " da Paulinha, e eu doente, com febre, ela mal da coluna, e dançamos muito, foi lindo!
Passei praticamente o ano todo em berço familiar, rsrs... Temos muitas fotos juntas deste ano!
Fui pra Itú - SP, Ubatuba - SP, Manaus - AM, Guarapari - ES, Rio de Janeiro - RJ, Búzios - RJ, GRAMADO, SERRA GAUCHATCHÊEEEEEEEEE!!! Que lugar lindo, quantas flores por toda parte! Fui pra Valença - RJ, a terra do mamãe, ele adorava aquela cidade e insistia pra eu ir lá, e fui! Fui pra Parnaíba - PI, PISEI NOS LENÇÓIS MARANHENSEEEEEEESSSSS!!! Estava morta no fim do dia...
Encontrei amigos, fiz novos amigos, desfiz falsos amigos, rsrs...

Fazendo um balanço, quase uma planilha, eu tive um ano completo... A morte do meu irmão foi o pior acontecimento da minha vida, isso significa que fosse o ano que fosse, ia doer! Ele se foi, e em mim ficou o desejo de viver, muito mais do que já vivia antes... A certeza absoluta de que não sabemos sobre o amanhã, então precisamos viver! A gente tem consciência disso, mas não praticamos... É o tocar na morte, na realidade, é o contato com o " você não controla nada ", então eu vou viver enquanto eu posso! Meu irmão só fortaleceu em mim o meu respeito por mim, meu compromisso comigo, o valor da minha integridade, o Bem que devo fazer à mim e à quantos eu puder! AMAR SEM MEDIDA!!!
O que ainda posso fazer por mim? O quê ainda não ficou claro???
Eu sento com o Mestre Nazareno, e abro meu coração... Eu me pego surpresa com minha ingenuidade em tantas situações, e tenho vergonha de mim! Sou ainda muito inocente, ainda acredito nas pessoas, e ainda me choco com decepções...
Tenho planos para o próximo ano, para os próximo meses, mas não posso contar com o amanhã, não sei se estarei na Terra para materializá-los...
Portanto, me cabe viver o agora: Sentir o agora, ouvir o agora, beber o agora, e confiar... De que aquilo que não tenho agora, está nas mãos do dono da Terra! Se Jesus é comigo, quem pode me ferir? Se o Avatar Cósmico quer minha felicidade, quem sou eu pra não sonhar com ela?


" Ando devagar porque já tive pressa e levo esse sorriso porque já chorei demais... Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe, só levo a certeza de que muito pouco sei, QUE NADA SEI " - Almir Sater

Nenhum comentário:

Postar um comentário