sábado, 3 de setembro de 2016

AHHH, O AMOR...


EU SEMPRE SOUBE QUE EU AMAVA MEU IRMÃO, mas no último dia que, claro, eu jamais imaginava que seria o último, eu olhava pra ele, e o que tinha no meu peito era tão grande que daria saúde à ele, e sobraria à mim! Quando digo que queria jogar minha vitalidade à ele, não é de forma mórbida, mas tinha tanto em mim, e nada nele, que o que eu tinha seria suficiente para nós dois... Não há palavras capazes de exprimir a angústia que é ver em péssima situação àqueles que amamos, E NÃO PODER FAZER NADA! A sensação de impotência, o pensamento de fracasso, a raiva de ter alimentado esperanças, acreditar cegamente, ingenuamente que tudo ia dar certo, que tudo ia ficar bem, ao mesmo tempo que sei que o que aconteceu foi um bem à ele, uma emancipação íntima e necessária... Quando amamos, existe sim essa confusão em nós, a mistura bruta de um egoísmo incontrolável, com o Amor libertador! Doeu até acabar, mas compreendo olhando fotos dele aqui no meu mural, na minha parede, que já não combinava mais na Terra... É como olhar um casal e ter certeza que não se dão bem sexualmente, é disso que tô falando, ele não combinava mais por aqui, não depois de tudo...
Sabe, e aí depois de passar por tal experiência, eu me perguntava como seria amar um homem... Quero dizer, depois de vivenciar o Verdadeiro Amor, aquele que cruza e ultrapassa as fronteiras dos nossos limites emocionais, de nossa estrutura, de nossa imaginação, como seria olhar pra um homem, AGORA, e além de tesão e uma louca vontade de transar com ele, como seria esse sentimento transformador de almas, depois de tudo que acabei de passar? Não estão entendendo, né?!
É assim: Eu sempre me apaixonei facilmente... Na época da escola, não sei de quantos meninos passava a sonhar, de um dia para outro, sem sequer ser correspondida... Apenas idealizava situações, viajava nelas, e me alimentava disso...
Com a casa dos 20 anos, vem as decepções, as lágrimas, os enganos, e a descoberta de que nunca tinha realmente me apaixonada por nenhuma deles...
Na casa dos 30 anos, a lastimável descoberta de que nunca amei...
Daí, acontece o mais improvável e triste em minha vida, e olho pra trás, e vejo que o Amor é algo tão grandioso, tão puro, tão Benevolente, que realmente, tudo o que achei que senti pelos caras foi só achar... Tesão, atração e principalmente carência afetiva, já que não tive amor e carinho em família, não tive atenção e amizade, então projetava isso nos elementos que cruzavam meu caminho... Tesão acaba, atenção é só quando o que interessa é conquistar, e carinho a gente só dá à quem amamos...
Estou lendo um livro, rsrs, entre tantos zilhões que já li esse ano - ODEIO O FATO DE ENGOLIR LIVROS, ELES NÃO DURAM NAS MINHAS MÃOS - e sabe? O Amor entende, o Amor não prova - vive, o Amor renuncia à caprichos, o Amor LIBERTA, o Amor nos torna melhores, o Amor não vê distância, o Amor é o tesouro mais precioso de nossas almas... Quero dizer, não tem nada a ver com necessidades mimadas, com pirraças, com vingancinhas, com perturbar a paz de outrem, com causar intrigas à quem quer que seja, com orgulho, com encrencas, com posses, com interesses escusos, COM LUTAR PRA TER!!! Quem é amado TEM!!!
Eu não tive a sorte ou não plantei Amor nessa atual existência, mas eu sinto o Amor no meu peito, e nada do que vivo hoje pode encobrir isso! Nada do que eu experimentar vai apagar o fato de que meu coração já despertou para a Verdade do Amor... E meu Espírito não pode apagar o que de verdadeiro viveu...
As pessoas estão juntas, ficam juntas, se alegram juntas, mas suas almas não se enlaçam...
Elas pensam da mesma forma sobre cultura, religião, moral ética, e se entendem sexualmente, mas definitivamente, não estão juntas!
Combinar gostos não necessariamente quer dizer que vai dar certo, que é Amor! E o contrário também, pode ser que o Amor esteja no peito de pessoas que não pensam da mesma forma sobre tantas coisas, mas se entendem no silêncio...
Há tantas pessoas que verdadeiramente se amam, sem estarem juntas... Não falo da condição física, mas mediante situações que não puderam as unir... Mas, permanecem juntas, com o coração!
Eu nunca me separei do homem que eu amo, e não sei quem ele é, kkkkkkkkkkk, parece louco, mas não estou dizendo mentiras... Sou incapaz de mentir pra mim!
E quando o coração conhece o Amor, esqueça... Só o Amor irá nutri-lo!
O tesão precisou existir entre homens e mulheres para que a população mundial tivesse números, mas isso lá no começo... Hoje todo mundo transa por tudo, menos por tesão... O cara não sabe que ela não goza com ele, mas também não se importa... A mulher quer ele por interesses e intenções que ele desconhece, e assim vão empurrando as relações, envolvendo outros seres humanos através da gestação, e é assim há milênios!
As pessoas, em nome de suas reais intenções, vão anulando a alma... Ela é louca pelo pobretão que não lhe tem nada para oferecer, mas está com o rico pelo status e para provar para o ex - o terceiro cara da vida dela - que ela no presente está muito bem sem ele... A alma? Please, ela precisa se ofender com tamanho desrespeito, e assim  vai se fechando, e assim é nessa gente... Até chegar num ponto que não fazem idéia do que estão fazendo com suas próprias vidas... Daí morrem, e lá do outro lado vão ver que também foram engolidos por vermes, e que não valeu de merda nenhuma ter aberto mão do que realmente queria, por causa de nada! Por causa de quê? DE NADA!
Você vendeu sua alma - e consequentemente sua liberdade e felicidade - em nome de PROVAR! Provar, provar, provar para todo mundo o quanto você é imbecil e fraco, covarde e displicente...
Quaaaaaantas milhões de vezes já ouvi " ah Mi, não é Amor, mas ele é um homem bom pra mim "...
De bom pra mim já basta Jesus, e com Ele não preciso da bondade de mais ninguém... Pra quê um cara pra pagar minhas coisas, além da minha mão de obra braçal??? Pra jogar na minha cara? Pra se achar no dever de curtir a " vida por aí " por que eu tenho obrigação de engolir, já que ele é mais patrão do que meu homem? CAPAZ!!! Sô muuuuuuuito orgulhosa pra aguentar desaforo de filho da puta, porque de virgem só Jesus! Quer me dar presentes, aceito de todo coração, mas quem me banca sou eu... E é bom que acerte nos presentes, por que não sou de fazer rodeios, ou eu adoro e faço escândalos, ou fico quieta, kkkkkkkkkkkkkkkk!!!
As pessoas simplesmente usam outras, e mesmo que sinta coçar alguma coisa em sua moral, em seu bom senso, ela põe um pano por cima, e continua...
Se cortam pra colocar o nome estrangeiro do cara no Facebook, kkkkkkkkkkk!!! Meu nome é Michele - sou a pessoa mais importante da minha vida, DIPÔIS, Santos - a segunda pessoa mais importante da minha vida, e em terceiro Almeida - o nome de um pai que tenho a honra de ser filha!
O nome de um marido seria o quarto, já que não engoliria em documentos os sobrenomes de meus pais, e se quiser... Se não quiser, pode comer no bar, só procura ver se a coxinha não é da semana passada...
Se morrem por nomes, imaginem pelas situações financeiras dos caras, que não passam de caixas eletrônicos...
Meeeeeeeu, eu sou tãaaaaao orgulhosa, que faço questão que seja eu a comprar tudo o que tenho, tudo o que faço! Se eu tiver um filho e o cara me largar, não vou pedir pensão, mesmo que a criança tenha direito legal... Filho de uma trabalhadora jamais passa fome, mesmo sendo sozinha! E vou me virar com maior motivação, tenho certeza...
Se o dinheiro compra hoje a maioria da mulherada - até por cigarros elas mantém relação com qualquer um, só pra sustentar o vício, eu não sou corrompida pelo dinheiro, já que tenho o que meus braços fazem pra ter... Nada como bater no peito e dizer que é meu! Se não aguento desaforo da minha própria mãe, jamais aguentaria de um merda que mete o pau em qualquer buraco...
E a coisa mais importante: O único fator que me faria estar com outro ser humano é o Amor! Nooo, se for só tesão não quero... " Ahhh, mas ele é muito bom no negócio, é PhD ", seja, mas se pra mim não for um sonho, não for mágico, vai começar a me irritar, a me incomodar, e não quero oprimir o que há de melhor no meu peito, não quero castrar minha alma em nome de que o tempo está passando, que estou ficando velha, e que tenho que TENTAR com qualquer um... O Amor está acima de qualquer fronteira humana! É por isso que se vale à pena as relações, o prazer de estar vivo, e se sentir mais vivo, porque se é amado! De saber que alguém, em algum canto do Universo, tem saudades da sua voz, do seu sorriso, das suas besteiras... Alguém que torce pelo seu Bem, que de fato se importa com a sua felicidade... Alguém que me fará brilhar inteira com a lembrança... Alguém de que valeu à pena ter renascido por aqui, outra vez...
Talvez eu não tenha o privilégio de viver isso, outra vez... Mas, de todo o meu coração, gostaria de presenciar, de assistir, de acompanhar no meu próximo esse sentimento que nos engrandece o peito, e nos desperta a vontade de melhorar! Gostaria de ao menos curtir na minha, em minhas observações, meus companheiros de jornada vivenciando a plenitude de estar vivos!


Mas... Mas! Todo o resto vocês já sabem... Vocês lamentavelmente já vivem!




Tonight.



Nenhum comentário:

Postar um comentário