quarta-feira, 4 de maio de 2016

" EU NASCI HÁ DEZ MIL ANOS ATRÁS "... TOCA RAUL!


MAS QUE COISA, NÃO?! Ontem no trenzão, duas amigas estavam num diálogo, e uma desabafando sobre seu casamento com a outra, e parecia que só tinha as duas no trem, apesar do vagão cheio!
Ela dizia que passou o final de semana na praia com o marido e o filho, e que o marido passou o tempo inteiro com a cara emburrada, não queria interagir, não queria se divertir, e mais tarde ela falou um monte pra ele, que ela já se sacrificou muito pelo casamento, e que fazia de tudo para se manter em situação emocionalmente estável...

EM CONTRAPARTIDA, no exato momento deste diálogo, eu lia um capítulo do livro “ A Última Carta de Amor “ – Jojo Moyes, bem no pedaço onde a casada estava tendo um caso com o jornalista, e tinham terminado uma trepada de 10 minutos...

Quando meu irmão comprou esse livro, eu tinha uma certeza absoluta, pelo título e pela capa – POR ISSO NÃO JULGAR – que eu me apaixonaria pela história, que choraria horrores, que seria mágico, encantador... A narrativa nada mais é do que MAIS UMA HISTÓRIA DE TRAIÇÃO, que canso de assistir aqui no mundinho real... Ok, eu poderia não focar nisso, mas na essência... E QUAL É A ESSÊNCIA??? Ainda não terminei o livro, e vou lê-lo inteiro pra descobrir...

Voltaaaaaando lá ao marido da cara emburrada, eu pergunto às mulheres o que elas esperam que no casamento DELAS seja diferente do das outras... Eu tenho uma certeza absoluta, convicção, de que meu casamento será eu a traída, ele o traidor.. Eu a sonhadora, ele o pobre coitado que a mulher não dá valor... Se eu sei disso, o que a mulherada ainda não entendeu?!
Eu entendo que a gente tem que sentir na pele, experimentar, vivenciar, para entender certas coisas... Mas, se você entra numa empresa sabendo que a qualquer momento pode ir para o olho da rua, quando acontecer não será um choooque, certo?! TODO MUNDO SABE QUE PODE IR PARA O OLHO DA RUA... E decepção com o casamento, quem é este ser humano que quer ser isento, se lidar com nós mesmos já é difícil, imagine com alguém que não está dentro de você, que apesar de você ACHAR: Você não sabe o que a outra pessoa sente, o que quer, o que pensa, o que REALMENTE gosta, o que satisfaz, o que a alma dessa pessoa veio fazer aqui na Terra... Porque TEM QUE durar pra sempre??? A gente, se comer o delicioso chocolate todo santo dia, uma hora vai cansar e ficar repugnante... Aliás, o chocolate só é maravilhoso, porque a gente come uma vez aqui, outra ali... Assim são todas as relações, e não precisa ser doutorado em porra nenhuma pra entender o lógico! É matemática, vai cansar sim, E NOS DOIS!!! É que um mantém seu orgulho maior que sua dignidade... QUAL O PROBLEMA DE ROMPER??? Jura que, se o negócio virar uma merda, cê vai morrer atolado nela? PORQUÊ??? Porra, enquanto estiver bom, enquanto estiver gostoso, é como comida boa, a gente não quer parar de comer, até o momento em que o estômago enche, e começa a embrulhar, e pôr pra fora... COMIDA É MARAVILHOSO, e enjôa, imagine lidar com alguém... ENTRA sabendo que isso PODE acontecer, e encara como um processo NATURAL!!! Não teima naquilo que está levando sua alma à ruína, ELA VAI TE COBRAR!!!
Daí eu fico pensando... Laaaaa no começo, o cara investiu, o cara elogiou, o cara ligava, mandava mensagens, emails, mostrava que queria e realmente queria, insistiu, expôs todo seu lado bom, até ela ceder – IMAGINEMOS QUE FOI ASSIM, e depois que consegue, casado, ele faz tudo igual, mas com outras... A cara emburrada era do quê? Preocupação no serviço??? Kkkkkkkkkk, eu esqueço da existência do meu serviço quando estou numa praia... Meu irmão se foi, e menos de 30 dias eu estava sorrindo em Ubatuba, apesar de primeiro ter chorado muito... Pergunto, qual a desculpa??? Me conta sua mentira pra eu aplaudir sua incompetência pra mentir, porque homem é muito burro pra mentir, e SÓ MULHER QUE QUER SE ENGANAR, SE ENGANA!
Não cansa, SÓ DE VER toda mulher reclamando da mesma coisa, e você jura que com você vai ser diferente? Mas como, se você é igualzinha à elas? Não no caráter, não nas ações, mas no sonho besta, e pelo sonho besta de Cinderella, eu sei que comigo também seria igual...
Encheção de saco da porra, a mesma coisa, a mesma coisa...

Daí, voltando ao papo do livro, o marido não presta, o marido é bruto, o marido é seco e sem emoção, mas o marido é o BANCO 24HORAS!!! O amante diz “ não “ pra espertona, mas o marido é um incapaz... Torce pra ela parar com as traições pra viverem em paz...

Ou seja, o problema não é sair por aí pegando todo mundo, ISSO É DA NOSSA NATUREZA E NÃO PODEMOS IR CONTRA ELA... O problema é casar... Casar com a mente de que sua vida será perfeita dentro do que você acredita ser perfeito...
Não entendo isso, a pessoa espera casar, se envolver afetivamente com outrem, criar expectativas, iludir e enganar, para descobrir que a vida é bela, e a decisão foi a pior merda? Que o casamento está uma merda??? E ainda passa como pobre coitado/coitada, que o cônjuge não presta... Não cansa de usar uma máscara? Não cansa de passar a vida toda dissimulando??? Você não gosta do cônjuge nem das pessoas que pega por fora... O quê ou quem é você? “ Viver o momento “... Enganar alguém tem o mesmo peso que roubar um prato de comida de quem tem fome, ou bater num idoso, ou estuprar uma criança, ou fazer caixa dois com os impostos dos brasileiros... No quê você é diferente, no que é admirável??? Eu posso ser moralista ou “ puritana “, como disse um amigo meu que trai a mulher e é um infeliz, mas quando deito minha mente no travesseiro, eu sei que não há ninguém no mundo que está chorando porque eu fiz sofrer... Que não há ninguém no mundo, que se descobrir o que “ realmente “ eu faço, vai me detestar... Eu numa relação, serei a traída, mas fico eu com minha dignidade, e ele com a carniça! Ele como o algoz, não eu! Se bem que sabemos que numa relação o peso é dos dois, mas para mim, nada justifica, separa e pronto...

AINDA BEM QUE NASCI ET...

Tonight.

Nenhum comentário:

Postar um comentário