terça-feira, 8 de setembro de 2015

CAST: TCHAU CHAPADA, TCHAU CUIABÁ, TCHAU MATO GROSSO!
















Nossa, que experiência diferente!
Eu conheci a Chapada Dos Guimarães esse ano, por sites que recomendam turismo no Brasil, e fixei a vontade, e planejei, e realizei.
Mesmo sabendo que vou para outros lugares esse ano, esse sem dúvida foi o que mais gastei! Não só avião e ônibus, mas a Chapada Explorer , empresa de turismo em Cuiabá - MT, e que foi super prestativa comigo!
Eu passei o sábado com dor de cabeça, sem dormir porque passei a madrugada no aeroporto, o voo era de manhã... Como não dormir faz mal pra gente! Mesmo assim, consegui aproveitar os três encantadores mirantes que conheci, aproveitei, curti, adorei...É tanto verde pra todo lado, e ao invés de nos sentirmos pequenos diante de tamanha grandiosidade, nos sentimos incrivelmente do mesmo tamanho.
O pessoal do Mato Grosso é muito atencioso, muito gente boa mesmo, coisa que encontramos esporádico aqui em SP, infelizmente. Cada estrada, cada pedra, cada árvore, emana a sutileza de um grandioso país, que é o nosso Brasil!
O pôr do Sol em meio às áreas montanhosas, a vastidão de pedras e terra é como uma equipe, trabalhando para impressionar nós viajantes, pra fazer nossos instantes ali valer à pena!
A Lua estava um espetáculo naquela noite insuportável de calor...
Passei a madrugada na estrada, entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e foi a melhor coisa que eu fiz, escolher voltar de ônibus!
Quanta alma, quanta paz, por toda extensão do caminho...
Aquelas dezenas de fazendas com seu gado pastando tranquilamente...
Árvores esbanjando flores metidas, pombas batendo papo com bois... Coisas que quem está ocupado com seu celular perde... Peculiaridades riquíssimas, de nossa natureza!
Chegamos no estado de São Paulo era mais de 18:00hs, e apesar de adorar estar por aí, eu amo minha cidade!
Conheci uma louca-gente-boa no buzão, até Campo Grande, e no interior de SP, um ursinho, preocupado com meu bem-estar... Que fofo, que doce... ( Estava me causando calor, apesar do frio no buzão, rsrs) Fiquei com dó dele quando desci na Barra Funda... (E hoje tem dó de mim!)
Enfim, trabalhei morrendo de sono, morta, mas com a sensação de que vivi um sonho...
Alguns fatos não acontecem como planejamos, mas acontecem de algum jeito! Foi foda, e só recomendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário