domingo, 1 de fevereiro de 2015

DIÁRIO DE UMA BANANA!

Quem vê eu postando muita coisa, pode pensar que eu planejo exatamente o que eu vou escrever...
Talvez eu tenha uma idéia da abordagem, mas o resultado sempre me surpreende!
Existem coisas aqui escritas que sem dúvida, dei tudo de mim, usei todo o meu potencial de expressão, mas tem outras, termos, que não é do meu usual, e que só pode ser inspiração! Coisas do tipo que eu jamais conseguiria repetir, como o poema dos poetas...
A cada dia que passa sobra menos letras visíveis aqui no teclado, e essa semana, escrevendo uma carta, percebi que minha letra está horrível, pois escrevo mais no PC, e na caneta está um garrancho!
Hoje eu estava lendo algumas postagens, as que tem mais sucesso no Blog, pra fazer mesmo um levantamento, de que tipo de conteúdo tem feito mais sucesso, e nessa procura, a gente acaba encontrando coisas que... Mexem com a gente!
Existem coisas que, não ousamos confessar à nossa consciência... Talvez, por medo de dizer à ela para não ter esperanças...
Existem coisas à seu respeito, por mais secretas que sejam, por mais podres que sejam, que alguém nesse mundo sabe, certo? Uma única pessoa, mas sabe! A maioria das pessoas sabem o trivial sobre nós, e acham que podem nos julgar ou apontar o dedo... Acham até que podem ter inveja da vida que acreditam que a gente leva... E se você contar a realidade, vão até ficar com dó e te emprestar dinheiro, rsrs...
É horrível perceber que você perdeu suas energias na expectativa de ser querido por alguém que à você tem algum valor...
É triste chegar à conclusão de que, apesar de ter passado dos trinta anos, seus sonhos ainda são da garota de treze...
Daí, você ficou imaginando como seria o encontro de vocês dois, e o tipo de coisa que conversariam, e o jeito que ele te olharia, e como você ficaria vermelha de vergonha por acreditar que ele está vendo nitidamente que você está se tremendo inteira...
Mas, como a vida é minha boa inimiga, deve ter uma inveja do caralho de mim, só pode, nada disso acontece comigo!
E tudo o que você passou anos sonhando, acontece da forma mais escrota e estúpida possível!
E o pior, é que depois de tanto tempo, você lê coisas que escreveu à respeito de seus sentimentos por este alguém, e percebe que isso ainda te emociona...
É horrível se dar conta de que a vida daquela pessoa está muito bem, sem sequer lembrar da sua existência!
E que...
E que por outro lado, também não exista lá nenhuma proposta irrecusável!
Não que eu quisesse outra pessoa, não quero mesmo, mas, talvez uma forma de não me sentir tão esquecida...
Acho que, se não haverá nada entre nós dois, Deus poderia me mostrar uma luz no fim do túnel, só por favor mesmo... O povo diz que se pedir à Ele, Ele não nega nada à seus filhos, mas não tenho coragem de pedir nada em se tratando de amor... Nem pra que fulano seja meu, nem pra esquecê-lo... É como se eu me sentisse na obrigação de passar por essa situação, pra quitar minha dívida... Rs, só que ela parece não ter fim... Devo ter parcelado em muitas vidas...
E aí, ridícula como uma adolescente apaixonada pelo cara galinha da escola, eu me pego imaginando o dia em que vou abrir minha caixa de emails, e vou ver um email dele, dizendo o quanto sempre me quis, e me vejo tendo um troço, sem poder me levantar... Kkkkkkkkkkkkkk, quando vou crescer?
Eu preciso entender que o mundo dos adultos é real, ou seja, não existe magia, sonhos, nem amor... Só jogo de interesses, só enganações, e todos os adultos estão muito bem vivendo assim... Metê, metê, metê, sem camisinha mesmo que é pra causar crianças, pensões, prisões, brigas, doenças, mortes, bolsa família...
Em nenhum momento eu disse que quero tirar a vida de alguém, ou machucar alguém... Em nenhum momento eu matei uma foca com um pedaço de ferro, nem atirei garrafas pet no mar... Em nenhum momento eu queimei uma planta, ou espanquei uma criança, um velho...
Eu só sonho, e isso é um mal que faço à mim mesma...
Eu não posso sonhar, porque, por todas as experiências, a vida já esfregou na minha cara que não tenho direito a isso... E enquanto eu não entender, quem vai chorar, como agora, sou eu...
Eu acho que já disse à ele tudo o que eu precisava dizer, e se não tive retorno, naquela época, esquece... Não é que não deixei nada claro, porque, quando o homem quer, até quando está embaçado, quando ele apenas tem esperanças, ele corre atrás, ele faz alguma coisa, e como Paulo Coelho, eu também acredito em sinais, e se não houve sinais a meu favor, é porque está tudo bem claro, e só eu não quis enxergar!
Sabe? Ele poderia estar casado, isso facilitaria minha vida, seria rapidíssimo de esquecer... Ter três filhos lindos, com sua excepcional esposa, num lar abençoado, e uma família mostrando os dentes em todas as fotos... É o que desejei pra ele, é o que desejei pra que eu me curasse, mas, porra, porquê isso não acontece??? O que tá tão difícil assim, tá tão embaçado assim pra encontrar o grande amor da vida? Eu espero por ele, e ele espera por quem? Rs, porra, eu falo como se isso fosse fácil... De repente, assim, como eu, ele também não é correspondido, e eu entendo isso, infelizmente, disso eu entendo!
Mas, de coração, não é o que desejo pra ele, apesar de querê-lo pra mim! Não quero alguém comigo por obrigação, então prefiro que voe, e viva o que tem de viver, antes de pousar num ninho! E que encontre uma mulher que o mereça... É bem capaz de isso não ter acontecido comigo porque eu não mereço... Rs, e se Deus ou o destino não quer, quem sou eu pra brigar? Como posso lutar e entregar meus sentimentos e meu coração, e minha vida... A alguém que não me vê, que não me ouve, que não me tem na memória, rsrs, porque claro, não marquei em nada...
E eu sou tão doente como ele me chamava, que eu prefiro continuar assim por ele, pelo resto da vida, do que passar por uma nova decepção... Meu, eu não aguento! Não quero me apaixonar de novo, e não quero acreditar que " agora sim vai dar certo ", e de repente ver o mundo desmoronar, como todas as outras vezes, e eu me perder completamente, e querer acabar comigo... Enquanto é por ele, eu continuo viva! Eu não quero perder minha identidade porque acreditei em sonhos de menina... Eu não quero aquela pontinha de esperança quando eu for abrir uma mensagem no meu celular, as consequências são drásticas, eu sei que não tenho estrutura para essas coisas afetivas...
Por causa dessa esperança idiota, eu me deixei levar pela carência, e tentei me envolver com os piores tipos... Meu Deus, como eu pude dar importância à homens que não queriam nada comigo? Que me viam como mais uma da coleção??? Quando foi que um homem se importou comigo? Quando foi que um homem me quis como mulher, como humana, como alma, não como qualquer pedaço de carne que ele acostumou pegar por aí? Quando foi que algum homem ficou sem dormir por minha causa?
Existiu sim um, único, com 18 anos de idade, e eu 17... Mas, o tempo passou de tal forma entre nós, que hoje alivio em saber que ele está bem, que está casado com uma mulher que o ama, e ele era um príncipe pra mim, imagine pra ela... Só desejo felicidade para ambos!
De lá pra cá, como um tipo de condenação, sofri por ele, quis me matar umas duas ou três vezes, por outros, e assim vai... Tipo: " Você não deu valor para quem realmente te quis, agora cê tá fudida! "...
Os poetas dizem que não há razão de viver se não há amor, e por um tempo eu cheguei a pensar como eles... Se fosse assim, se é assim, então todo mundo é infeliz, porque a maioria vive de mentiras, e outros querem a verdade mas ela é apenas um sonho... Todo mundo infeliz no mesmo Cruzeiro pelos oceanos...
Graças à Deus, que hoje minha vida é bem ocupada, e não tenho tempo pra pensar nessas coisas... E quando acontece, eu fico assim, sem estrada, sem rumo... Poderia trabalhar de segunda a segunda, poderia ter muitos pepinos pra resolver no trampo a ponto de me deixar sem dormir preocupada, e assim, me ocupando com milhares de outras coisas, eu não tenho espaço mental para sonhar acordada... Ao menos, enquanto é dormindo, o sonho acaba quando acordamos...
Eu não confio em mim! Não confio de que amadureci bastante para enfrentar a expectativa, e em seguida a decepção... Doer sempre dói, e quando caio é que percebo que sou um bebê ainda tentando me firmar nas próprias pernas...
É fato que, todos os caras que cuidam dessa parte holística, espiritual, os especialistas em auto ajuda, os alquimistas, todos os tipos de mestres gritam pro mundo que o ser humano precisa amar, pois isso é imprescindível para conseguir levar a vida numa boa aqui na Terra... Acho que amar E SER AMADO é uma habilidade que fiquei sabendo que existia quando acabou o número de senhas, e aí nem fui pra fila... O ingresso esgotou nos primeiros trinta segundos, por tanto Michele, você não estará lá pra dizer que foi...
Só queria tocá-lo! Só queria ser com ele o que não fui com nenhum outro, o que não fui pra nenhum outro... Só queria amá-lo, com todo meu coração...
Mas esse Michele, é mais um ingresso que você não pode comprar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário