domingo, 28 de setembro de 2014

REPITA COMIGO : EU EXISTO PRA MIM !


Ontem eu fui ler a primeira postagem do Blog...
22.05.2009 - O PORQUÊ DO NOME
Acho que desde o meu português bonzinho e cordato, à falta de imagem ilustrativa, tudo mudou!
São cinco anos à expressar em palavras aquilo que aprendi, aprendo, e o muito que ainda preciso aprender, na tentativa de fazer você entender, primeiro, que não é o único louco do mundo! Depois, que tudo, inexoravelmente passa, e mais do que qualquer coisa, não sabemos de nada... Nunca!
Naquela época, aliás, o ano todo de 2009 eu estava desempregada, e financeiramente dependente de minha mãe, o que pra mim sempre foi péssimo! Estava desempregada pois estava com o intestino descontrolado, digamos... E tudo isso não passava de energias nocivas daquele lar que um dia chamei de meu... Infelizmente, só posso controlar os meus pensamentos, e sentimentos, e emoções, mas incrivelmente, descobrimos que as dos outros nos afetam! Dadas as circunstâncias, eu não podia trabalhar, e sequer saia de casa, com medo de cagar pela rua... Isso durou até abril de 2010! Como estava impotente para cuidar financeiramente de mim, ou pelo menos achava que a situação era essa, eu passei aquele ano todo lendo, e escrevendo muito, já que é o ano que tem mais postagens no Blog, apesar de ter seu início em maio... Lia e escrevia... Mal entrava na web, pois não tinha internet em casa... A casa foi reformada, e em meus sonhos, sempre está a casa como era antes...
A vontade de sair de lá estava me consumindo aos poucos, eu precisava cuidar de mim, ficar sozinha, me ajudar de algum jeito, e tantas e tantas coisas...
Eu disse nessa primeira postagem à que me refiro, que tive que passar pelo fundo do poço para aprender e crescer... Tadinha, achava que eu sabia o que era fundo do poço! Rsrs, sabia de naaaaaaaada, inocente... Mal sonhava eu as coisas que me aguardavam... E mal sonha eu, as coisas que me aguardam para os próximos anos...
Também estou agradecendo ao Luíz Antônio Gasparetto pela pessoa que passei a conhecer, que fui eu mesma... Todo aquele início de auto conhecimento se deu ao ano de 2005, com meus 23 anos de nascida, não de existência, pois eu não existia pra mim!
E, hoje eu entendo que tudo colaborou, conspirou, para o que eu sou hoje!
Eu questionava sobre as coisas de Deus, desde a tenra idade...
Eu vim pra isso!
Meu pai faleceu, e eu sabia que ele estava vivo!
O primeiro livro que li inteiro na vida, aos 10 anos de idade, foi " De Alma Para Alma "  - Huberto Rohden... Naquela época, graças a uma vizinha meio " bruxa " que tínhamos, minha mãe estava toda esotérica, espiritualizada... Não entendia porra nenhuma desse livro, mas de uma coisa eu sabia: A alma era algo além da matéria... Além deste corpo revestido e constituído por células! E era nossa...
Na adolescência, uma amiga que lia muito emprestou um livro do Allan Kardec, e de repente " sim, é isso! "... Um outro amigo da escola me deu " O Céu E O Inferno " - Allan Kardec, e tenho até hoje, bem como outros do codificador...
Eu saia espalhando por aí que eu era espírita... Rsrs, sabe de naaaaaaaaaada, inocente!
Entrei pela primeira vez na FEESP em 2002, e queria sair correndo, alguma coisa ali me sufocava o peito!
Fui uma vez ao Perseverança, de Guiomar, muito conhecida nos meios espíritas!
Na última semana do ano de 2001, Natal para Reveillon, li " O Amor Venceu " da Zíbia Gasparetto, e sentia como se uma luz brilhasse no meu peito, como se eu fosse a pessoa mais em paz do planeta... Talvez fosse perto disso, rsrs... (De lá pra cá, li este livro quatro famintas vezes!!!)
Desde então, lia um livro da Zíbia atrás do outro, além de alguns outros romances espíritas...
As histórias faziam tanto sentido pra mim, mas o pior dessa obsessão, é que você sai dizendo às pessoas que tudo o que acontece na vida delas é espiritual, rsrs, cármico!!! E claro, acredita que na sua própria vida também...
Eu vivia pro mundo, especialmente pra minha mãe, e me anulava, me escondia, pra parecer humildezinha, pequenininha, pra ser " Cristã "... Éca!
Daí, em 2005 estava em casa desempregada, e certa feita deixei a TV num canal que tinha o programa do filho da Zíbia... " Vamo vê o que rola nessa porra "...
Rs, desde esse dia, do meu VERDADEIRO nascimento, eu e minha vida mudaram completamente...
Antes eu fazia pra agradar e não era aceita, era mal vista...
Hoje eu faço por e para mim, e a reação das pessoas é a mesma... Elas que se fodam, não tenho a menor pretensão de ser cristã, apesar de admirar monstruosamente meu Irmão Maior! Só quero dizer que não quero ser nem sou religiosa, coisa que o próprio Cristo repulsava...
O Gaspa me fez ver que eu existia... Nunca, ninguém fez isso por mim, e eu não imaginava que existia eu dentro de mim!
O Gaspa, o Calunga, Tibirias, e qualquer outro ser em espírito que trabalhava com ele...
Em 2009 eu estava lendo muito Calunga, e o livro " Verdades do Espírito " e u li duas vezes seguidas pra garantir minha melhora... Hoje, reconheço os resultados!
Graças à interpretar ou ver a vida sob uma outra óptica, as coisas vieram até mim, como se o Universo propositalmente as enviasse...
Conheci os escritores da Editora Casa dos Espíritos em 2012, e hoje, é o que estou devorando com fúria, e me alimenta da melhor maneira...
Graças à Deus, ou alguém mais, eu fiz este Blog quando já tinha nascido pra mim...
Se ele fosse da época em que eu não existia, certamente já teria deletado as postagens...
Quero dizer, existiu todo um percurso, todo um processo, para que eu abrisse um livro do Robson Pinheiro, e entendesse perfeitamente o que por exemplo, Pai João quer dizer...
Toda pedra só passa a ser preciosa à medida em que se choca... Se confronta!
Sabendo que em preciosos cinco anos, aprendi tantas e tantas coisas, e assim pude compartilhar com você, com toda vontade de que se inspirem nas próprias forças, que sejam vocês, que se usem e se abusem... Imagine daqui cinco anos!!!
Só quero agradecer, mais uma vez, à todos os caminhos que me trouxeram a ser o que sou hoje, seja humanos, seja palavras, seja escritos, seja sacudidas ou sutilezas!!!
É descobrindo-se, que há a possibilidade de se amar, e amar o próximo!
" Amar ao próximo como a ti mesmo ", logo?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário